O “Vovô” das pistas completa as duas provas da grande final na terceira posição e fica com o segundo lugar no campeonato da SBK Pro. Na categoria Yamaha R3 Cup, Guilherme Brito conquista o campeonato, enquanto que, na Supersport, Pedro Sampaio leva o título.
 
 
Corrida 1
 
Alex Barros saltou para a primeira posição ainda na largada e manteve a condição de líder, usando de sua experiência para segurar os ataques de Eric Granado, que vinha sofrendo pressão de Maximiliano Gerardo, que era o terceiro. Na sexta volta, Granado que vinha demonstrando ritmo mais forte que Barros, superou o dono da moto #4. O piloto da Híbridos Club ainda tentou buscar, mas Eric abriu. A partir daí, Barros precisou segurar os ataques de Gerardo, que o ultrapassou no nono giro. Assim, Alex Barros completou a primeira bateria em terceiro. Diego Pierluigi também largou bem, chegou a ficar em terceiro, mas não conseguiu acompanhar o ritmo dos ponteiros e completou em quarto lugar.
 
Corrida 2
 
Pode-se dizer que a segunda e derradeira corrida da SBK Pro foi um reprise da prova 1. Alex Barros novamente fez excelente largada, quando assumiu a ponta. O experiente piloto ditou o ritmo da disputa até o sexto giro, mas viu seu oponente Eric Granado ultrapassá-lo e abrir distância. Gerardo, que vinha em terceiro, começou a pressionar Barros, até que no décimo giro conseguiu a ultrapassagem. O argentino Diego Pierluigi ficou novamente com o quarto lugar.
 
Declarações
 
Aos 47 anos e há dez sem competir uma temporada regular, Alex Barros sabia que sua missão na busca pelo título era difícil, mas ele não ‘vendeu’ fácil o campeonato. E, de novo, travou um belo embate com Eric Granado na decisão. Após a bandeirada das duas corridas, Barros enalteceu o grande duelo e a boa fase do motociclismo brasileiro.
 
“Sabíamos que era muito difícil sim. Tentamos fazer o máximo, mas não deu. Tecnicamente precisamos melhorar algumas coisas. E até tivemos algumas melhoras nessa etapa, mas o concorrente também veio melhor. Foi uma final muito bonita, disputada e o público prestigiou. O Eric com certeza mereceu, pois andou muito bem o ano todo e está em um ótimo momento. O Maximiliano fez duas ótimas provas e andou muito bem. Fico feliz que tenha sangue novo na categoria. Isso é bom para o esporte”, comentou Barros, que termina o ano em segundo lugar, com 202 pontos.
 
Barros ficou feliz com o empenho de sua equipe ao longo do ano. E voltou a agradecer seu time e patrocinadores “Estou feliz porque a equipe deu o máximo de si ao longo da temporada, eu também busquei fazer meu melhor. O Diego também andou bem, apesar das limitações técnicas que tivemos. E com o que tínhamos nas mãos fizemos o nosso melhor. Quero agradecer a cada membro da equipe e aos patrocinadores e parceiros por mais uma temporada”, encerrou.
 
Diego Pierluigi analisou mais um fim de semana de disputas e fez um balanço da temporada 2017. “Foram duas corridas muito difíceis para mim. Tive um problema de freio durante todo o fim de semana e não conseguimos solucionar. Quando os pneus baixavam eu estava sem grip e a moto escorregava muito. Na segunda corrida, troquei o amortecedor traseiro e foi um pouco melhor. Mas estávamos longe de brigar pelo pódio. Foi uma temporada boa, aprendi muito tendo a chance de ter o Alex Barros como meu companheiro. Mas, foi complicado com o novo equipamento, sofremos bastante. Agora temos que usar isso de experiência para o próximo ano”, finalizou o piloto argentino, quinto colocado na tabela, com 131 pontos.
 
 

Pilotos LS2 celebram títulos no Superbike Brasil
 
Pela Copa Yamaha R3, Guilherme Brito levou a melhor e conquistou o campeonato da categoria. Ele largou na poleposition e conseguiu fechar a prova na primeira colocação, abrindo vantagem para os concorrentes durante a corrida. O mesmo aconteceu com Pedro Sampaio, que obteve o título de campeão brasileiro da categoria SuperSport. O piloto não se contentou com a vitória do sábado (25) e também conquistou a primeira posição do grid neste domingo, aumentando ainda mais a sua vantagem na tabela.
 
 
Com informações da FGCom e Superbike Brasil
Fotos: Luciano Sampaio/Sampafotos
Geraldo Carvalho/Superbike Brasil