O Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros sai de Interlagos comemorando mais uma vitória e um excelente desempenho na Copa Honda CBR 500 R, categoria que faz parte do SuperBike Brasil. A conquista, desta vez, foi com o paulista Guilherme Brito, que faturou sua segunda vitória na temporada. O jovem é apoiado pela LS2 no Brasil. A próxima etapa será no dia 21 de agosto, novamente no circuito paulistano.
 
A quarta corrida do ano da categoria de 500cc foi emocionante e muito disputada neste domingo (17) em Interlagos. Tanto que a definição da etapa ocorreu somente na última volta. Os pilotos fizeram boas brigas por posição, e se revezaram na liderança da prova durante as 10 voltas. Os representantes do Team Estrella Galicia brigaram até a chegada pela vitória, confirmando o excelente desempenho na etapa. Na última volta, Guilherme Brito, por ser mais leve, se aproveitou dessa condição para defender a posição e cruzar em primeiro para conquistar sua segunda vitória no ano.
 
Guilherme Brito comemorou a sua segunda vitória em 2016. “A corrida foi muito boa e bastante disputada. Desde o começo eu estava muito confiante. Na prova tinha um competidor um pouco mais lento, e isso acabou atrapalhando um pouco. Faltando duas voltas, consegui ultrapassá-lo na entrada do miolo e abri um pouco. Na última volta tentei fazer a mesma estratégia, mas na última curva coloquei uma marcha a mais, e não teve o resultado que eu esperava. Mas agi rápido e reduzi, mesmo assim, os demais pilotos chegaram bem perto, aproveitando meu vácuo. Felizmente consegui me defender para cruzar em primeiro”, contou Brito que segue em quarto na tabela de classificação, mas agora está mais próximo dos líderes, com 64 pontos.
 
 

SuperStreet 300cc: Diogo Moreira fatura o pódio com o terceiro lugar
 
Diogo Moreira andou forte e saiu de oitavo lugar no grid para cruzar em terceiro, após belo duelo com Indy Munoz, pela categoria SuperStreet 300cc.
Logo na primeira volta, ele saiu de oitavo para quinto. Depois, conquistou mais uma posição e ficou em quarto fazendo belo duelo com Indy na briga pelo terceiro lugar. Na volta final, Moreira levou a melhor, superou a adversária e completou a prova em terceiro.
 
O jovem esperava mais, porém, ficou feliz com o resultado, pois se manteve na segunda posição no campeonato. “A corrida foi muito boa, apesar de eu não ter largado tão bem. Não foi exatamente o resultado que eu esperava, mas consegui chegar em terceiro e isso foi importante para o campeonato. Vamos tentar melhorar para buscar a vitória na próxima etapa”, disse Moreira, de 12 anos, dono da Honda CBR 300 R #20.
 
 

Italiano Sebastiano Zerbo é prejudicado
 
Na equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, Sebastiano Zerbo tinha tudo para brigar pela vitória, mas foi acertado por um outro concorrente e foi derrubado. Com a moto danificada, o italiano não teve condições de voltar à disputa.
 
Zerbo largou bem e vinha fazendo uma corrida muito boa. Ainda na primeira volta já estava em segundo lugar, após ter largado em sétimo. O ritmo de sua BMW S 1000RR #81 era rápido e constante. E o italiano tinha total condição de brigar pela vitória. Mas um incidente na terceira volta, na entrada do S do Senna, um outro competidor cometeu um erro e acabou caindo e levando-o junto.
 
A queda fez a direção de prova paralisar a disputa com bandeira vermelha, pois no ponto havia óleo pista. O ocorrido acabou com as chances do piloto da equipe BMW Motorrad seguir na disputa, pois seu equipamento ficou muito comprometido e danificado.
 
“É uma pena o que aconteceu. O meu adversário errou, caiu e me levou junto. Isso comprometeu nosso campeonato. Estou bem chateado”, contou Zerbo.
 
 
Com informações da FGCom
Fotos: Radamés Lisboa/Sampafotos