Texto: Divulgação/Moto 1000 GP
Foto: Luciano Sampaio/Fotografia Sampafotos

 

Na penúltima etapa do ano da Moto 1000 GP, Matthieu Lussiana alcançou a sua quinta vitória na temporada e garantiu antecipadamente o título da categoria GP 1000, repetindo a conquista do ano passado. O piloto francês da BMW Motorrad Petronas Racing fez a pole e a volta mais rápida no circuito gaúcho e não pode mais ser alcançado por Diego Pierluigi, segundo no campeonato e terceiro neste domingo. Marco Solorza completou o pódio da sétima e penúltima corrida do ano.

Lussiana não fez uma boa largada, caindo para a quarta colocação e ainda viu seu principal concorrente na briga pelo título pular para a terceira colocação. O francês adotou uma postura defensiva, já que precisava apenas do 12º lugar para ser campeão, mas aproveitou o ritmo melhor e chegou à liderança na quinta volta.

Assim que assumiu a ponta, Lussiana disparou na frente, enquanto Pierluigi, da JC Racing Team, disputava a terceira colocação com outros dois argentinos: Martin Solorza e Luciano Ribodino. A briga entre os três durou mais de sete voltas e depois de várias trocas de posições, Pierluigi recebeu a bandeirada primeiro.

“A corrida foi tranquila, administrei para conquistar o título. Usei o que aprendi no ano passado para ser campeão novamente esse ano. Estou muito feliz e ainda não pensei sobre o futuro”, disse o piloto que também conquistou o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade em 2014.